Personal tools
You are here: Home Programação 2008 BRS Opara: primeira variedade de melancia resistente ao oídio

Região Semi-Árido

Variedade de melancia resistente ao oídio para garantia de melhoria da produção

Arquivos para download Arquivo MP3 - BRS Opara.mp3

BRS Opara: primeira variedade de melancia resistente ao oídio

 

Produtiva, com frutos de boas qualidades comerciais, a BRS Opara tem uma qualidade única dentre as variedades de melancia cultivadas no Brasil: a resistência ao oídio, uma doença que afeta de forma grave os plantios da fruta em todo o país. Os pesquisadores da Embrapa Semi-Árido, Embrapa Rondônia e Universidade do Estado da Bahia (UNEB) obtiveram essa característica por meio de cruzamentos genéticos entre a variedade Crimson Swett e uma melancia nativa da caatinga nordestina.

Os pesquisadores agregaram na BRS Opara as qualidades de frutos grandes e saborosos, da Crimson, com a de resistência ao oídio da melancia nativa. Rita de Cássia Dias, da Embrapa Semi-Árido e coordenadora dos estudos que deram origem á nova variedade, fala das vantagens da Opara: “Com essa variedade, o produtor pode produzir melancia nas condições em que essa doença é problemática sem se preocupar com a aplicação de fungicidas. Essa resistência genética permite que a melancia sobreviva e produza muito bem mesmo na presença do Oídio”.

A BRS Opara tem um grande potencial produtivo. Nos testes, os pesquisadores conseguiram colheitas com 40 a 60 toneladas, por hectare, de frutos com boa qualidade comercial. Rita de Cássia conta que mesmo no cultivo orgânico, onde não há aplicação de qualquer produto químico, a Opara teve resultados excelentes. Esses testes foram feitos recentemente em duas unidades de demonstração

Opara é uma palavra de origem indígena, que significa rio-mar. Era como os índios que habitavam o Brasil na época do descobrimento se referiam ao Rio São Francisco.

2008/06/16
15'
Marcelino Ribeiro (DRT-BA 1127)
Email: marcelrn@cpatsa.embrapa.br
Telefone: (87) 3862-1711
Embrapa Semi-Árido