Personal tools
You are here: Home Programação 2008 Plantio direto com preservação ambiental na pequena propriedade

Região Norte

Técnica do plantio direto sobre palhada de leguminosas como opção sustentável e rentável à agricultura familiar

Arquivos para download Arquivo MP3 - Plantio direto com preservação ambiental na pequena propriedade

Plantio direto com preservação ambiental na pequena propriedade

 

O plantio direto agroecológico é uma técnica que se baseia nas vantagens agronômicas de se produzir utilizando os recursos que a natureza disponibiliza. Nessa modalidade de produção uma das grandes aliadas do produtor são as leguminosas, por serem espécies de rápido crescimento e por apresentarem alta produção de biomassa, além da vantagem de serem fixadoras de nutrientes no solo. A matéria orgânica produzida pelas leguminosas pode ser incorporada ao solo ou aplicada sobre a palhada (restos culturais que ficam sobre o solo após a colheita). A técnica busca soluções naturais, sem que necessite a utilização de insumos químicos.

Em sistemas produtivos de baixo custo, o plantio direto é capaz de reduzir consideravelmente os custos de produção com a contratação de mão-de-obra. O pequeno produtor pode, por exemplo, dispensar a utilização de mecanização agrícola em todas as fases dos sistemas de produção. Pode também diminuir seus gastos com a compra de fertilizantes químicos, inseticidas, fungicidas e herbicidas, produtos muito utilizados na agricultura convencional e empresarial mas aos quais os agricultores familiares em geral não têm acesso.

Pelo sistema de plantio direto agroecológico planta-se, por exemplo, mandioca, milho e feijão-caupi sobre a palhada de leguminosas arbóreas. As pesquisas da Embrapa Amazônia Oriental apresentam resultados até o momento com as espécies ingá, guandu e Acacia mangium, esta última uma leguminosa exótica mas que já está amplamente difundida no Pará. “No nosso entender, a mais importante para a agricultura familiar é a leguminosa ingá”, diz Otávio Lopes, pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental. “Esta é uma leguminosa espontânea, nativa da Amazônia, ocorrente em todo o estado do Pará, onde o agricultor a encontra facilmente”.

O plantio direto agroecológico é bastante indicado para solos já cansados e quando adotado em terras produtivas ajuda a manter essa produtividade. Como dispensa o uso de produtos químicos, a técnica contribui para a preservação do meio ambiente, diminuindo os resíduos prejudiciais à natureza normalmente gerados pelas atividades agrícolas.

 

 

2008/03/17
15'
Izabel Brandão (MTb1084-PR)
Email: izabel@cpatu.embrapa.br
Telefone: (91) 3204-1200
Embrapa Amazônia Oriental