Personal tools
You are here: Home Programação 2009 Cuidados para evitar a desertificação e a degradação de terras

Região Nordeste / Vale do Jequitinhonha

Causas da desertificação e da degradação de terras usadas para plantio e cuidados para diminuir os prejuízos causados por esses problemas.

Arquivos para download Arquivo MP3 - Cuidados para evitar a desertificação e a degradação de terras
Resumo - Cuidados para evitar a desertificação e a degradação de terras

 Cuidados para evitar a desertificação e a degradação de terras


No Prosa Rural desta semana o pesquisador da Embrapa Solos, UEP Nordeste, Luciano Accioly fala sobre cuidados para evitar a desertificação e a degradação de terras. A desertificação, fenômeno natural que é intensificado pela ação humana, acontece quando uma área produtiva se transforma em deserto, ficando estéril e, portanto, inutilizável para cultivos agrícolas.

O processo de desertificação ocorre principalmente em áreas onde chove pouco e é acelerado pelo uso inadequado da terra, ou seja, pelo manejo inadequado dos recursos naturais, principalmente do solo e da água. No Brasil, existem quatro regiões do semiárido nordestino onde a desertificação já está acontecendo: nos municípios de Cabrobó, em Pernambuco, de Gibões, no Piauí e de Irauçuba, no Ceará, e na região do Seridó (Paraíba e Rio Grande do Norte).

Durante o programa, Luciano Accioly traz mais detalhes sobre as principais causas da desertificação. O pesquisador explica também que as atividades econômicas de populações rurais podem conviver com práticas que ajudam a evitar esse problema. Um dos conselhos que traz é para o pequeno produtor evitar a degradação das terras sem perder sua fonte de renda é fazer um bom plano de manejo da caatinga.

Quem extrai madeira, por exemplo, deve adotar técnicas conservacionistas, que lhe pemitam explorar economicamente a vegetação sem devastá-la. “Usar a lenha não é um problema. O problema é quando essa lenha é extraída sem o cuidado de manejar adequadamente as nossas matas”, acredita Accioly. “Técnicas para um bom manejo da caatinga já existem. Usando essas técnicas, como o corte seletivo das árvores, é possível a manutenção das matas e também das atividades econômicas”, completa.

 

2009/08/01
José Gouveia de Figueroa
Email: gouveia@cpatc.embrapa.br
Telefone: (81) 3325-5988 – ramal 204
UEP Solos / Embrapa Tabuleiros Costeiros